quinta-feira, 24 de março de 2011

Por tudo o que tens feito...


 
O texto de hoje é a Parábola do Filho Pródigo: LUCAS 15: 11 a 32.

Neste texto podemos ver dois filhos: um filho (mais novo) que acha que viver na aba do pai não lhe traz a devida felicidade (ele precisa, então, experimentar como é viver independente) e outro filho (mais velho) que fica com o Pai (vê tudo que o pai faz, vê todo o poder do Pai, tem tudo que o pai tem (herança), e mesmo assim não o é suficiente).
Para hoje, vamos deixar um pouco de lado o filho que saiu de casa e vamos falar do filho que ficou com o pai.

O filho que ficou em casa era aquele que tinha tudo do pai: tudo que ele queria o pai dava de boa vontade. Porém, está tão acostumado com isso que o pai teria que fazer algo muito impossível (na sua cabecinha) pra que ele notasse. Podemos ver que isso também acontece lá no velho testamento, quando uma nuvem e uma coluna de fogo parecia algo normal, e o maná já não agradava mais; àqueles que viram o Senhor abrindo o mar e logo depois, construíram um bezerro de ouro; àqueles que viram o vivo poder de Deus agindo e, de certo, pensavam que Deus não estava fazendo mais que Sua obrigação. Não agradeciam Deus por aquilo que Ele fazia. Assim era o filho que ficou em casa: tinha tudo, via tudo, mas não dava nenhum valor, achava normal e que era uma obrigação do pai. E agradecer, por quê?
É isso que estamos fazendo com Deus hoje? Deus está nos dando tudo o que precisamos, e nós? O que estamos fazendo pra agradecer? Reclamar não é agradecer! Já agradeceu a Deus o instante de vida que você esta vivendo agora? E pelo ar que você acabou de inspirar ou expirar? Já agradeceu por você está vivo?  

Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco”.  
 (I Tessalonicenses 5: 18)

Está em tribulação? Dê graças a Deus! Está com fome? Dê graças! Está com cede? Dê graças! Está passando por alguma pressão psicológica? Dê graças! Está com dificuldades no relacionamento? Dê graças! Está sem dinheiro? Dê graças! Está morrendo com uma doença terminal? Dê graças! Tem tudo? Dê graças! EM TUDO DÊ GRAÇAS! 

Sejamos filhos gratos a Deus por Tudo o que Ele tem feito e por tudo que irá fazer.
Queremos TE agradecer JESUS, por tudo.

Deus te abençoe!



 Por Guilherme F. Antunes

2 comentários:

  1. Ótima reflexão. Vivemos como se Deus fosse nosso "gênio da Lâmpada" pronto a atender todos os nossos pedidos e, reclamamos quando algo não vai bem.

    ResponderExcluir
  2. Anna Carolina Bagini24 de março de 2011 13:02

    o certo é sempre agradecer, dar graças! Deus não nos oferece um fardo maior do que podemos carregar. ele nos prova, nos vigia.

    ResponderExcluir