sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

É pouco, mas...


Meu caro amigo e leitor, não quero escrever muito hoje, quero apenas te colocar pra pensar um pouquinho sobre aquilo que você tem oferecido a Jesus Cristo.
Em Mateus 2 encontramos um versículo muito bonito acerca daquilo que damos a Jesus a fim de agradecê-lo pela salvação que Ele nos dá.
No versículo 11 diz assim: “E, entrando na casa, [os sábios] acharam o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro, incenso e mirra.”
Estes homens foram avisados de que o Salvador que eles tanto esperavam havia nascido; não pensaram duas vezes para irem ao encontro Dele. Detalhe: o que os sábios deram a Jesus? Aquilo que eles possuíam de mais precioso (ouro, incenso e mirra).
Esta passagem Bíblica nos faz pensar em: “o que estou entregando pra Cristo?”
Uma vida de pecados, com festas, baladas, e tudo mais? Ou estou entregando a Cristo aquilo que Ele quer: meu coração?
Cristo só quer o seu coração, então dê a Ele, e deixe-O transformar sua vida de forma grandiosa, que nem você se encontrará em você mesmo.
Lembre-se: a obra que Cristo fez por você na cruz é muito grande, pra que você pense que pode viver do jeito que acha melhor.

Retiro IFTÁ-EL - Toledo - PR

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Como posso ter alegria em minha vida Cristã?



Períodos de tristeza e depressão podem entrar na vida de praticamente todo Cristão devoto. Vemos muitos exemplos disso na Biblia. Jó desejava que nunca tivesse nascido (Jó 3:11). Davi orou para que fosse levado a um lugar onde não tivesse que lidar com a realidade (Salmos 55:6-8). Elias, depois de derrotar 450 profetas de Baal com fogo do céu (1 Reis 18:16-46), fugiu para o deserto e pediu a Deus que tirasse a sua vida (1 Reis 19:3-5).

Como então podemos superar esses períodos de imensa falta de gozo? Podemos ver como essas mesmas pessoas superaram sua depressão. Jó disse que, se orarmos e nos lembrarmos de nossas bençãos, Deus vai restaurar nosso gozo e justiça (Jó 33:26). Davi escreveu que o estudo da Palavra de Deus vai nos trazer gozo (Salmos 19:8). Davi também percebeu que precisava louvar a Deus mesmo no meio de desespero (Salmos 42:5). No caso de Elias, Deus deixou com que descansasse por um tempo para então enviar um homem chamado Eliseu para ajudá-lo (1 Reis 19:19-21). Hoje ainda precisamos de amigos com quem podemos compartilhar nossas feridas e dores (Eclesiastes 4:9-12).Tente compartilhar seus sentimentos com um amigo Cristão que você admira. Você vai ficar surpreso em saber que eles provavelmente já tiveram que passar por algumas das mesmas coisas que você está passando agora.

Mais importante, é certo que meditar em nós mesmos, nossos problemas, nossas dores e principalmente no nosso passado, não vai nunca produzir gozo espiritual verdadeiro. Alegria não é encontrada em materialismo, não é encontrada em psicoterapia, e com certeza não será encontrada na obsessão com nós mesmos. É encontrada apenas em Cristo. Nós que pertencemos ao Senhor “nos gloriamos em Cristo Jesus, e não confiamos na carne” (Filipenses 3:3). Conhecer a Cristo é ter uma verdadeira compreensão de nós mesmos e uma percepção espiritual verdadeira em Cristo, tornando impossível com que nos gloriemos em nós mesmos, nossa sabedoria, força, riquezas ou bondade, mas sim – e apenas - em Cristo, Sua sabedoria e força, Sua riqueza e bondade, e em Sua pessoa apenas. Afunde-se completamente na pessoa de Cristo, Sua Palavra, e procure conhecê-lO mais intimamente. Se permanecermos nEle, Ele nos prometeu que nosso gozo será completo (João 15:1-11).

Finalmente, lembre-se que é apenas através do Espírito Santo que podemos encontrar alegria verdadeira (Salmos 51:11-12, Gálatas 5:22, 1 Tessalonicenses 1:6). Não podemos fazer nada longe do poder de Deus (2 Coríntios 12:10, 13:4). Na verdade, o mais que tentamos obter alegria com nossos próprios métodos, o mais miserável nos tornamos. Descanse nos braços de Deus (Mateus 11:28-30) e procure Sua face através de oração e das Escrituras. "E o Deus da esperança vos encha de todo o gozo e paz no vosso crer, para que sejais ricos de esperança no poder do Espírito Santo" (Romanos 15:13).




Por GotQuestions?.org

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Há lógica na existência de Deus?

Uma pequena árvore, um dia, uma grande sombra.



Uma história conta que em uma rua, 2 vizinhos resolveram plantar, cada um, uma arvore em frente a sua casa. Um dos vizinhos ia todos os dias regar a arvore, e cuidar dela, dando carinho e tudo mais, enquanto o outro vizinho passava todos os dias pela árvore, chutava-a e muito de vez em quando dava água para a plantinha. Depois de certo tempo, as arvores foram crescendo, e em certo momento a arvore que recebia chutes e era mal aguada, quase morreu, mas conseguiu permanecer firme, até que um dia as duas árvores cresceram e ficaram enormes, cheias de folhas, e deram imensas sombra.
Certo dia, uma tempestade terrível veio sobre aquela rua, com um vento muito forte, que derrubou todas as árvores daquela rua, exceto a árvore que foi chutada muitas vezes. O vizinho do lado, indignado por ter perdido a árvore pela qual ele cuidou tanto, foi a casa do vizinho e disse:
_ Mas eu cuidei tanto da minha árvore e ela caiu, e você que a vida toda chutou e não regou direito sua árvore, está com ela intacta em seu terreno.
O vizinho, com muito amor lhe responde:
_ Porque eu ensinei minha árvore a passar por momentos difíceis. Você regava sua árvore todos os dias. Deste modo, a água que ela precisava estava sempre na superfície, e assim ela não precisava se esforçar para ter água. A minha não. Ela tinha que se aprofundar cada vez mais e mais, e mais, para conseguir ter água, assim, o tamanho que ela tem para cima, é o mesmo que ela tem para baixo, ficando sempre firme. Nenhuma tempestade pode derrubá-la.
Você está sendo preparado em todo o tempo de sua vida. Quando vier as dificuldades, não tema. Se você está aprendendo com a vida, virão as dificuldades, as tempestades da vida, e você ficará firme.
Mas antes de tudo, é preciso buscar a Deus, porque suas raízes nunca chegarão a um nível profundo de sustentação, se Deus não for aquele que rega.
Olhe para o povo de Israel. Tire as conclusões corretas, e coloque-as em prática na sua vida.

Aqui vai uma dica: 
Quer crescer em profundidade? 
Então conheça a Deus, e prossiga em conhece-Lo.

Um convite

A Igreja Evangélica Livre convida a todos a participarem do 
Culto que acontecerá no domingo, dia 04/12/2011.
Teremos a presença do Quarteto da 
Igreja Presb. Renovada, louvando a Deus conosco.
Teremos, também, a presença do Pastor Guilherme, que estará compartilhando da Palavra de Deus.

Não deixe de vir!
Você é importante pra Deus!

ATENÇÃO GRUPO DE LOUVOR

DEVIDO ALGUMAS MUDANÇAS NA PROGRAMAÇÃO DO FINAL DE SEMANA DOS DIAS 03 E 04/12, NO LOUVOR DO SÁBADO ESTARÃO TOCANDO E CANTANDO AS SEGUINTES PESSOAS:

CANTAR:
Marta
Isielli
Ana Laura
Marcos
Reinaldo


TOCAR:
Bateria: Juliana
Baixo: Eliangela
Guitarra: Fabinho
Teclado: Guilherme


O culto será no templo, e não no salão. 
Teremos a presença do Pastor Guilherme com sua esposa durante o final de semana.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Agente Secreto


Texto Base:
Mateus 6:1-4

Que outros façam elogios a você, não a sua própria boca (Pv 27.2).

Um dos ensinamentos de Jesus que nos chama atenção é sobre a justiça em secreto. Nós muitas vezes erramos, primeiro por não praticar a justiça como deveríamos, e depois por fazer propaganda de nossa justiça. Fazemos isso na maioria das vezes, por termos uma visão errada de recompensa. Achamos que os homens é que podem, vendo nossa justiça, nos recompensar. Preocupamo-nos em sermos vistos como pessoas boas e pensamos que a forma de isso acontecer é através da aparência. Infelizmente, esquecemos que Deus está nos vendo, e sempre que fizermos qualquer coisa, é com Ele que temos que nos preocupar. Mesmo se ninguém ficar sabendo que você tem feito boas obras, Deus sabe e o recompensará. Agora, se nosso alvo for o agradar aos outros, o texto dá a entender que a única coisa que vamos receber é o elogio dos homens, perdendo assim, os benefícios mais importantes que vêm de Deus. Precisamos fazer mais, e falar menos. Dar satisfação a Deus, não tentar convencer os homens da nossa bondade. Estar bem diante de Deus é a melhor forma de estarmos bem diante das pessoas. Se estivermos bem diante de Deus, as pessoas vão perceber isso, mesmo sem palavras. Nossa atitude diante das pessoas deve ser sempre uma atitude humilde. Devemos tomar cuidado com as expectativas que criamos nos outros através de promessas e afirmações sobre o que iremos fazer. Também não devemos fazer um auto-elogio, pois isso é muito perigoso e duvidoso.
Deve ficar bem claro, que justiça em secreto não é fazer justiça escondida, é fazer justiça, mesmo quando estamos em secreto orando em nosso quarto, como na rua diante das mais variadas pessoas. Mas, sempre com a finalidade de servir a Deus e não a de ser visto pelos homens. Justiça secreta é aquela que esquecemos de nós mesmos, esquecendo que fizemos algo, pois fizemos com amor, com a finalidade de ajudar e não como uma forma de receber uma retribuição. Justiça verdadeira é aquela que fazemos com a mesma intensidade tanto quando diante de uma importante platéia ou sem ninguém para nos ver. Precisamos trabalhar. Há muita coisa que precisa ser feita.

Não perca tempo fazendo uma biografia de sua boas obras.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Louvorzão e Culto da 1º IEQ

Louvorzão
Igreja Evangélica Livre

1º Quadrangular



Igreja Metodista

Igreja Ev. Livre com Igreja Metodista

Não são placas que nos separam.

Culto Especial da 1º Igreja do 
Evangelho Quadrangular





Centenas de vezes



A Segunda Guerra Mundial foi uma das páginas mais horríveis da história da humanidade. Os dois principais “adversários” nesta batalha, Alemanha e Japão, foram expulsos dos Jogos Olímpicos devido às mortes que provocaram. Nos Jogos de Helsinque, vários anos mais tarde (1952) estes países puderam participar novamente, apesar dos muitos votos contrários e lembranças recentes. Ainda bem que o perdão teve peso mais forte. Alguém disse uma vez que a função de Deus era perdoar, e ainda que não seja 100 % (não se pode esquecer que Deus é justo, e esta justiça se manifesta e é verdadeira), isto diz muito do Seu caráter pela simples razão que ninguém no mundo demonstrou o desejo de perdoar o homem, mais do que Deus o fez. Ninguém iria à morte por um inimigo, e, no entanto foi isto o que Deus fez por nós. Se Ele que é Deus nos perdoa, como nos negamos a perdoar os outros? Eis uma das coisas mais difíceis que podem nos pedir: perdoar a quem nos feriu. No entanto, não temos direito de guardar rancor ou negar o perdão a quem nos pede. Deus não fez isto conosco. Da mesma maneira, devemos aceitar o perdão que o outro nos estende. Isto não quer dizer que quando fizermos algo errado não sofreremos as consequências, ou que, se roubarmos ou estragarmos algo, não deveremos restituir. Todo erro tem suas consequências, e mesmo que Deus nos
perdoe, a justiça exige que soframos as consequências negativas daquilo que praticamos.
Mas esta é a grande lição de Deus: assim como não temos que recorrer a ninguém para pedir Seu perdão (Deus nos perdoa, a cada um de nós, individualmente, sem necessidade de intermediários), nós também devemos perdoar os outros. Quantas vezes? Jesus mesmo deu a resposta: tantas vezes quantas forem necessárias, centenas de vezes cada dia se preciso for.
É o tipo de perdão que Deus nos oferece, um perdão incondicional, é o mesmo perdão que nós devemos utilizar para perdoar aos outros. Há alguém a quem você ainda não perdoou?

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Atenção Jovens IEL

Neste sábado (05/11/2011), estaremos nos reunindo na Igreja às 19:30 e iremos na 1º Igreja Quadrangular. Eles nos fizeram o convite, e por favor, não deixe de ir. Quando nós chamamos eles para participar do Louvorzão, fizeram um esforço enorme, desmarcando a programação deles para estarem com a gente, então por favor, 
não vamos fazer feio!!
Eles terão um culto especial com teatro, dança, louvor e mais...
O Ministério Geração de Davi da IEL também estará tocando.
Vamos lá!

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

O caminho da felicidade




Mateus 5.1-3
"Vendo Jesus as multidões, subiu ao monte, e, como se assentasse, aproximaram-se os seus discípulos; e ele passou a ensiná-los, dizendo: Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus."

A prática do sermão da montanha é contra cultural. É como viajar por esse mundo na contramão, no contra fluxo, na contra-maré, na contra-tendência de tudo. Mas, o sermão do monte anuncia o caminho para a felicidade. Mas, como encontramos essa felicidade? Jesus começa dizendo que se você deseja ser feliz, então, ouça essa mensagem: Felizes os pobres de espírito. A palavra aqui “ptochos” apresenta a imagem mental de um mendigo abaixado ao chão procurando um donativo. Jesus está dizendo: bem aventurados os que estão cônscios de necessidade da graça. Felizes são os que dependem totalmente. Afinal de contas, ser humilde de espírito é ser consciente de sua indignidade. É admitir sua necessidade espiritual. Felizes são as pessoas que possuem humildade sincera. C. S. Lewis afirmou: “Um homem nunca é tão orgulhoso como quando adota conscientemente uma atitude de humildade”. Para Blaise Pascal "a falsa humildade é puro orgulho." Agostinho pontuou dizendo que "simular humildade é ser soberbo. O orgulho não é grandeza, mas inchaço e o que está inchado parece grande, mas não é sadio”. O quanto sou orgulhoso? Resposta: quanto me desagrada ver o outro me desprezar, me tratar como escoria? Quando você não se sente ofendido por causa de um ataque, uma critica, uma agressão ou coisa assim – significa que você está crescendo em humildade e está a caminho da felicidade.
Lao Tsé
"Quem fica na ponta dos pés, tem pouca firmeza."

Romanos 12.3
"Porque, pela graça que me foi dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, segundo a medida da fé que Deus repartiu a cada um."

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Convite!!



Oooopa galera, beleza?
Vamos adorar a Deus?
A Igreja Evangélica Livre de Campo Mourão (Comunidade Ev. Esperança) convida a todos para participar conosco do LOUVORZÃO que acontecerá neste sábado dia 29/10/2011 às 19:30, em nosso templo na Rua Mato Grosso 2550, Centro.
Junto conosco estará a 1º Igreja do Evangelho Quadrangular de CM, Igreja Metodista, Comunidade Ev. Restaurar, dentre outras que confirmarão.

Participe você também!
Uma noite de louvor a adoração ao único digno de ser louvado: Jesus Cristo. Amém?

Até lá!!
Deus nos Abençõe!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Você tem fé?


"Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam." (Hb 11.6).

É fácil responder a essa pergunta sem analisar o que realmente estamos dizendo. Muitos têm fé, mas neles mesmos. Outros têm fé nas coisas que possuem. Na verdade, a fé é confiar em Deus e depositar nele toda sua vida. A Bíblia fala que devemos viver pela fé. Isto significa buscar a cada dia comunhão com Deus, vivendo conforme a Sua vontade, tendo em Deus sua satisfação pessoal.
Ter fé é acreditar que Deus existe, que Ele se revelou através da Bíblia. Existe uma frase muito conhecida que diz: “só acredito vendo”. Tomé disse mais ou menos assim quando alguns dos discípulos falaram que Jesus havia ressucitado. Jesus então apareceu e lhe disse: “Porque me viu, você creu? Felizes os que não viram e creram” (Jo 20:29). Ter fé é, mesmo não tendo nunca visto Jesus, acreditar que ele veio a este mundo para nos salvar. Ter fé é acreditar que Deus existe e nos ama. Ter fé é acreditar na sua promessa de que um dia viveremos com Ele nos céus (se você realmente aceitou a Cristo como seu único e suficiente Salvador).
Sem fé é impossível agradar a Deus, pois passamos a viver de acordo com o que pensamos ser melhor, não respeitando os princípios importantes da Palavra de Deus (Bíblia). Começamos a pensar como a maioria das pessoas, acreditando que cada um deve fazer o que acha certo, quando na verdade só existe UM caminho certo, o que é apresentado por Deus aos nossos corações.
É impossível agradar a Deus quando dizemos que confiamos em Deus, mas na verdade confiamos em nós mesmos. Isso acontece quando nossas decisões são baseadas no que queremos, quando a auto-confiança é maior que a nossa dependência de Deus pela fé.
Mas, a maior prova de que realmente temos fé pode ser vista através de nosso relacionamento com as coisas materiais. Quem tem fé vive contente em todas as circunstâncias. Isso acontece porque a satisfação para a vida está em Deus e não nas coisas que possui.
A fé é o maior presente de Deus.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Recado ao pessoal da escala do louvor: ATENÇÃO!

Neste sábado (22/10/2011) não haverá ensaio para o pessoal da escala do grupo de Louvor, 
então os seguintes nomes estão dispensados:

Eliezer,  Juliana, Fabinho,  Eliangela, Guilherme, Robson e Daiane. 
 
Qualquer dúvida, entre em contato através do blog ou email. 
Obrigado!

sábado, 15 de outubro de 2011

Ao pessoal da escala do Louvor...

Atenção:
Neste sábado do dia 15/10/2011, estaremos nos reunindo na Igreja e juntos estaremos indo ao Supermercado Paraná (Saída para Maringá) onde estará acontecendo o evento organizado pela 1º Igreja Batista de Campo Mourão. Então, não haverá ensaio, e o pessoal que está escalado não precisará se preocupar. A sequência da escala continua a mesma. Obrigado!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Salvo pela gentileza


Gentileza é um vocábulo que não tem registro no dicionário de muitos.
Vejam a história abaixo. 
Salvo por ser gentil com os outros...
Que lição!!!
Conta-se uma história de um empregado em um frigorífico da Noruega.
Certo dia ao término do trabalho, foi inspecionar a câmara frigorífica.
Inexplicavelmente, a porta se fechou e ele ficou preso dentro da câmara.
Bateu na porta com força, gritou por socorro mas ninguém o ouviu, todos já haviam saído para suas casas e era impossível que alguém pudesse escutá-lo.

Já estava quase cinco horas preso, debilitado com a temperatura insuportável.

De repente a porta se abriu e o vigia entrou na câmara e o resgatou com vida.
Depois de salvar a vida do homem, perguntaram ao vigia por que ele foi abrir a porta da câmara se isto não fazia parte da sua rotina de trabalho...

Ele explicou:

- Trabalho nesta empresa há 35 anos, centenas de empregados entram e saem aqui todos os dias e ele é o único que me cumprimenta ao chegar pela manhã e se despede de mim ao sair. Hoje pela manhã disse "Bom dia" quando chegou. Entretanto não se despediu de mim na hora da saída.

Imaginei que poderia ter lhe acontecido algo.
Por isto o procurei...
Entao neh, fica a dica!

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Boletim Informativo do mês 10/2011


Clique na imagem para ampliar.

Limites

Lucas 13.22-30
Acorrentas os meus pés e vigias todos os meus caminhos, pondo limites aos meus passos (Jó 13.27).
 
Acusação comum entre tantas, é que o cristão é estreito, popularmente chamado de careta.  
Alguém que tem uma vida com limites, não tendo a mesma “liberdade” de outras pessoas. Muitos crentes não gostam de ser chamados assim. E realmente, em um sentido pejorativo, o cristão não deve ser rotulado como uma pessoa estreita, pois na verdade o evangelho não é uma lista de proibições e sim um caminho que conduz à verdade e a vida eterna.
O perigo é que muitos crentes, não querendo ser discriminados, são mais liberais do que aqueles que não frequentam uma igreja. Acreditam que podem ser crentes e viver normalmente, sem qualquer limite. Abusam da liberdade transformando-a em libertinagem.
Não devemos ter medo de sermos considerados estreitos. A palavra que deve expressar nosso estilo de vida é “estreito”. Se quisermos ser cristãos dignos de levar o nome de Cristo devemos nos esforçar para sermos pessoas estreitas.
Ser estreito é a forma de se aproximar de Deus. É preciso caráter extraordinário para dizer não à tentação, para se restringir e se controlar. Não se contente em um nível comum, sirva de forma plena, como um especialista.
Lembre-se que ser estreito é viver com integridade, não com superficialidade. Não é ser limitador do próximo, mas cuidadoso com seu caráter pessoal. Ser estreito não em apenas alguns detalhes, mas atento a todas as coisas.
Nossa maior preocupação não deve ser o que parecemos aos olhos dos outros, mas como devemos nos comportar para agradar a Deus.
O texto de Mateus 7:13 diz que muitos não seguem o caminho estreito, andam por um caminho amplo que conduz à perdição. O caminho amplo é o da vontade, do desejo que vai além do limite adequado. É preciso ter limites na vida e decisões que são guiadas pela Palavra e vontade de Deus. Se isso é ser estreito, careta, antiquado, quadrado, é isso que devemos ser.  

Alguns limites são importantes para uma comunhão ilimitada com Deus

 Hebert dos Santos Gonçalves

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Amar a Si

Marcos 12.28-34

Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo (Ef 4.15).

O grande mandamento diz que devemos amar a Deus e ao nosso próximo. De todos os mandamentos este é o maior. “Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças. Ame o seu próximo como a si mesmo”. Mas como vou amar a Deus se não consigo amar nem as pessoas com quem convivo? E como amar as pessoas se não amo nem a mim mesmo?
Quando uma pessoa ama a si mesmo pode tratar o próximo com o mesmo cuidado. E quem ama ao seu próximo pode melhor amar a Deus.
Muitos não amam ao seu próximo e estão distantes de Deus, pois não amam a si mesmos. Quem não ama a si mesmo, vai refletir essa falta de amor em todos os seus relacionamentos.
Amar a si mesmo pode ser mais difícil do que imaginamos. Temos que conviver conosco todos os dias, o tempo todo. Conviver com nosso mau humor, nossas dores, desejos, indisposições. Muitas coisas que fazemos mostram que não amamos a nós mesmo como deveríamos. Para amar a si mesmo é preciso tomar atitudes que demonstram este amor.
Quem ama a si mesmo deve negar a si mesmo, não atendendo aos seus maus desejos e cedendo ao pecado. Quanto menos princípios têm uma pessoa, menos ela ama a si mesmo. A entrega aos muitos desejos é um grande mal revestido de fantasias.
Quem ama a si mesmo sabe reconhecer suas verdadeiras necessidades. Consegue pensar em si mesmo sem ser egoísta. Sabe que precisa descansar, comer, se arrumar, se tratar com responsabilidade
Quem ama a si mesmo não vive se culpando e se condenando, sabe perdoar a si mesmo. Quando erra tem uma autocrítica sincera. Examina a si mesmo, reconhece seus erros e acertos, pede perdão a Deus por seus pecados. Quem ama a si mesmo alimenta sua alma com a Palavra de Deus, meditando seus ensinamentos no coração. Quem ama si mesmo vai amar seu próximo com respeito e a Deus com toda a sua força.

Quem ama a si mesmo corretamente, aprendeu a amar. 
 
 
"Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes. " Marcos 12:30-31
   pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.

E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.
Marcos 12:30-31
 ás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.

E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.

E o escr
Marcos 12:30-32
Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.

E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.
Marcos 12:30-3